terça-feira, 11 de julho de 2017

Sismus encaminha ofício a secretária de educação solicitando respostas às reivindicações da categoria

Nesta teça-feira (11 de julho), o Sismus entregou ofício a secretária de Educação pedindo nova reunião para apresentar uma devolutiva de todas as reivindicações levantadas pelos servidores na última assembleia do dia 22 de fevereiro - Magistério decide concentrar forças na luta pelo vale-alimentação - assuntos como contratação de professores - Educação em colapso - , educadores infantis e serviços gerais.

Ainda aproveitamos para pedir novos modelos de uniformes e Epis (Equipamentos de Proteção Individual) dentro da norma regulamentadora (NR) e Certificado de Aprovação (CA) com mais leveza e conforto nos calçados das cozinheiras e zeladoras que são obrigadas a utilizar botinas com bico de ferro, extremamente pesadas para oito horas de trabalho.

Solicitamos esclarecimentos se as Equipes de Apoio têm obrigação legal de ficar no portão recebendo e entregando crianças e também sobre a negativa dessas profissionais que tiveram o compromisso de tirar licença prêmio na instituições que tivessem organizadas, mas estão sendo impedidas.

Outras pautas também foram anexadas ao documento e assim que o Sismus tiver uma reposta, marcaremos nova assembleia com a categoria para repassar as informações. Veja o documento abaixo, na íntegra: