sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Sismus lança campanha para revogar reforma trabalhista

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sarandi (Sismus) se juntou ao movimento nacional da Campanha Pela Anulação da Reforma Trabalhista, que vai coletar 1,3 milhão de assinaturas para Projeto de Lei de Iniciativa Popular que propõe a revogação da Reforma Trabalhista de Temer, prevista para entrar em vigor no próximo dia 11 de novembro. É mais uma tentativa da classe trabalhadora de resistir ao golpe que está orquestrado contra os direitos garantidos.

Após o recolhimento das assinaturas, o projeto será entregue à Câmara dos Deputados, com o lançamento de uma nova etapa da campanha, para exigir a votação da proposta. O objetivo do Projeto de Lei de Iniciativa Popular é fazer com que essa medida se some a outras 11 leis revogadas por meio desse instrumento.

A campanha pela anulação da Reforma Trabalhista foi aprovada pelas confederações, federações e sindicatos da CUT, durante o recente Congresso Extraordinário e prevê também a criação de comitês por essas entidades, para coleta de assinatura. Uma dessas organizações é o Sismus que nesta semana já realizou reunião com representantes da sociedade e movimentos sociais para discutir estratégias de trabalho.

O lançamento da campanha em Sarandi acontece neste domingo (17 de setembro) na Praça dos Pioneiros durante a feita livre que acontece naquele local, à partir das 8h30. Lembramos, no entanto, que para a validade do abaixo-assinado, é necessário apresentar o CEP da residência e título de eleitor.

Primeira reunião do Comitê de campanha nacional de coleta de assinaturas para o projeto de lei de iniciativa popular pela anulação da reforma trabalhista

Primeira reunião do Comitê de campanha nacional de coleta de assinaturas para o projeto de lei de iniciativa popular pela anulação da reforma trabalhista

Primeira reunião do Comitê de campanha nacional de coleta de assinaturas para o projeto de lei de iniciativa popular pela anulação da reforma trabalhista